Como criar uma boa grade de programação para a sua Web Rádio

post_proramacao (1)

Assim como o planejamento envolvido na criação da rádio, a preparação dessa grade é também de extrema importância. Bons programas mantém a audiência fiel e mais: trazem mais público, o que pode levar inclusive a um maior número de anunciantes e uma receita mais alta no fim do mês. Se você já tem rádio AM ou FM, sabe muito bem do que eu estou falando, mas se está embarcando agora nesse mundo ou quer dar uma repaginada na sua web rádio, ficam aqui algumas dicas.

O que é uma “boa” programação?

Eu gosto de rádios mais informativas, você de um conteúdo musical, outra pessoa prefere programas de variedades ou educativos. Quem trabalha em rádio sabe que existem uma infinidade de assuntos e temas para uma infinidade de programas diferentes. Só num âmbito musical abre-se um leque grande de opções: Sertanejo? MPB? Pagode? Samba? Rock? Hip Hop? Gospel? O que é uma boa programação, afinal? Bem, a resposta é simples e até mesmo óbvia mas nem por isso é menos importante: uma boa programação é a programação que seus ouvintes querem ouvir.

Cada rádio tem uma identidade muito particular, a internet tem espaço para todas e, quando você encontrar essa identidade, cuide bem dela. Dito isso, eis uma regra de ouro: é preciso pensar em quem consome. O site da sua rádio tem (e se não tem, deveria ter) maneiras de se conectar com o público. Chat, pedidos de música e comentários, além da interação que vem das redes sociais.

Mas sim, tudo depende muito do tipo de rádio que você está criando, visto que algumas delas necessitam se apoiar nesta ligação constante com o público. Se a rádio em questão é de alguma igreja, associação de moradores ou comunitária, por exemplo, é preciso ter em mente que ela até pode ter programas de entretenimento, mas precisa um caráter informativo forte. Se é mais comercial, uma programação bastante musical alternada com lazer e poucas interrupções pode ser a saída. Tudo se resume a um casamento entre a sua identidade (ou a mensagem que você quer passar) com o que a audiência quer ouvir.

Programação ao vivo ou assíncrona? Fazendo bom uso do AutoDJ

Definidos os objetivos temáticos de programação, há outras coisas importantes a considerar. Se o planejado é um programa de notícias na parte da manhã, um de entrevistas no meio do dia e entretenimento no fim da tarde alternando com blocos grandes musicais é hora de se perguntar: quem vai ser o locutor de todos esses programas? Uma ou mais pessoas? Todos estarão disponíveis? E quem vai definir a playlist musical?

Há muito tempo, a salvação da grande maioria das rádios dentro e fora do país, principalmente as web rádios mais enxutas, é a programação gravada. A BRLOGIC oferece em todos os plano a ferramenta AutoDJ, que possibilita um planejamento de até 100% do tempo da rádio, organizando playlists de músicas, podcasts e outros conteúdos. Com as últimas atualizações no sistema Rádio Fácil é possível também agendar informações como Hora Certa e programetes de até 2 minutos sobre diversos temas. Já parou pra pensar que talvez tenha gente querendo ouvir sua rádio enquanto você está dormindo?

Apesar de resolver conflitos de agenda, períodos ociosos, emergências e outros problemas da rádio, não é indicado que 100% da programação seja previamente organizada. É preciso saber que certos programas precisam ser atuais e correm o risco de se tornarem ultrapassados com facilidade. É o caso de programas noticiosos – mas este é um problema facilmente contornável com a inserção de um programete de notícias.

Sem fórmulas exatas

No fim, o ideal é prezar pelo equilíbrio, produzir o que puder e programar de acordo com cada caso. Afinal a experiência de produzir ao vivo e dialogar (por telefone, chat ou outros meios) com quem está do outro lado da transmissão é uma das experiências preferidas de quem trabalha com e de quem ouve rádio.

Não sabe como começar? Aposte em uma programação variada e vá ajustando aos poucos. Não existe fórmula exata e nem grade perfeita. E às vezes, inclusive, o que o seu público mais quer é uma repaginada só naquele único programa que ele (ainda) não acompanha. A indicação aqui é ir montando aos poucos, pensando primeiro na programação geral semanal, diária e depois em cada um dos conteúdos. Mãos à obra!