Radiojornalismo na internet: Aprenda a criar uma rádio online focada na notícia!

Radiojornalismo na internet: Aprenda a criar uma rádio online focada na notícia

Se você se interessou por esse tema, muito provavelmente você tem vontade de criar uma rádio online com foco jornalístico ou no mínimo tem curiosidade em saber como funciona. Nada mais justo começarmos conhecendo um pouco da história do radiojornalismo no Brasil, certo?

Radiojornalismo no Brasil

Com o surgimento do rádio no século XX, a sociedade brasileira teve a oportunidade de ficar por dentro das notícias sem precisar sair de casa. Em 1925 a Rádio Sociedade com o Jornal da manhã, inaugurou as transmissões jornalísticas no rádio. Na época, basicamente eram lidas as notícias retiradas dos jornais impressos.

Em 1941 surge o “Repórter Esso” que se apresentava com o slogan “Testemunha ocular da História” na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, vindo para revolucionar a forma de fazer radiojornalismo. Ele trouxe um novo formato, buscando manter a população atualizada sobre os fatos que ocorriam na época, através de matérias enviadas por uma agência internacional de notícias sob o controle dos Estados Unidos. Isto ocorreu em meio a segunda guerra mundial. A população aguardava ansiosamente, informações sobre esses acontecimentos. Dessa forma, o rádio se mostrou como uma ferramenta muito ágil para transmissão de notícias.

O “Repórter Esso” trazia informações com estilo curto e direto, conquistando grande credibilidade. Em seus 27 anos de transmissão no rádio, ele noticiou grandes acontecimentos, como o fim da segunda guerra mundial, o suicídio de Getúlio Vargas em 1954, a explosão da bomba de hidrogênio e a vitória de Fidel Castro na Revolução Cubana.

O “Repórter Esso” encerrou suas transmissões em 31 de dezembro de 1968. Nesta última edição, foi realizada uma retrospectiva de todas as notícias apresentadas nesses 27 anos. Com grande emoção e aos prantos, ele encerrou a transmissão desejando boa noite e um feliz ano novo.

O Grande Jornal Falado Tupi, da Rádio Tupi de São Paulo também foi um grande marco na história do radiojornalismo, entrando no ar um ano depois da estreia do “Repórter Esso”.

Com uma única edição diária mais longa, ele seguia os padrões de um jornal impresso, com manchete e blocos de notícias organizadas por temas, porém trazia uma linguagem especial, voltada para locução radiofônica.

Aos poucos o modo de fazer radiojornalismo foi mudando, sendo as notícias transmitidas de maneira mais leve, onde a informação começou a dividir espaço com música e entretenimento.

Radiojornalismo na internet

Quando inventaram a televisão, muitos pensaram que seria o fim do rádio. Não se pode negar que houve uma queda na audiência, até porque antes da TV, o rádio era o único meio de comunicação ágil, utilizado para transmitir informações à sociedade. Mas o rádio se manteve firme e forte até os dias de hoje.

Com a internet não foi diferente. Tudo que é novo assusta, traz um certo receio. Porém, ao contrário da TV, a internet veio para agregar valor, trazendo benefícios para as rádios tradicionais, tanto no quesito agilidade para obtenção de conteúdo para a montagem da programação, quanto para aumento da audiência e participação dos ouvintes.

Com a tecnologia de streaming, as rádios passaram a ter alcance mundial. Qualquer pessoa com acesso à internet em qualquer lugar do mundo, poderá ouvir a programação de uma rádio online. A internet trouxe um imediatismo nunca antes visto. Notícias se espalham pelo mundo em poucos segundos.

Outro recurso interessante que a internet proporcionou, foi a divulgação das rádios em sites e redes sociais.

Os benefícios de ter um site para rádio são enormes. Além de poder ouvir a programação, no site da rádio está a central dos conteúdos e o canal de acesso e comunicação com a emissora. Lá o ouvinte poderá acompanhar todas as notícias, participar de enquetes, promoções, conhecer a história dos locutores e apresentadores, além de interagir com a web rádio através do chat e comentários em posts.

Hoje em dia, para não ficar para trás, é preciso acompanhar os avanços tecnológicos. No seu dia a dia, você deve fazer uso de muitos de apps ou aplicativos, não é mesmo? Através deles as pessoas podem fazer de tudo, desde pagamento de contas em bancos, à pedidos de entregas.

É fundamental compreender a importância do aplicativo para rádio online. Quem não tem um smartphone hoje em dia? As pessoas passam a maior parte do dia conectadas à web através desses dispositivos, então vale a pena investir nessa ferramenta para alavancar a audiência da web-rádio.

Dicas para criar uma rádio online de sucesso com foco jornalístico

Ter uma rádio web de sucesso com foco em jornalismo, requer, como tudo na vida, muita dedicação. Confira as dicas que a BRLOGIC preparou para lhe ajudar nessa caminhada:

⦁  Defina o público alvo. Serão apresentadas notícias locais, nacionais ou internacionais? O recomendado é que você dê prioridade para conteúdos locais;
⦁  As notícias mais relevantes devem ter destaque através de manchetes;
⦁  Os textos devem ser curtos e objetivos, porém, descritivos para compensar a falta de imagem;
⦁  O ideal é que se tenha dois locutores, para obter maior atenção do ouvinte, não se tornando cansativo;
⦁  Utilize linguagem coloquial;
⦁  Retire as informações de fontes confiáveis. Cheque sempre a veracidade para nunca perder a credibilidade;
⦁  Muito cuidado ao emitir opiniões. Uma opinião mal interpretada em uma rede de comunicação pode tomar grandes proporções;
⦁  Uma rádio jornalística pode ter uma grande equipe composta por locutores, redatores e repórteres, porém, nada impede que uma ou duas pessoas façam todas as funções. Com a informação a um clique de distância através da internet, já não é mais necessária tanta estrutura de pessoal;
⦁  O carro chefe será a notícia, mas não deixe de lado a prestação de serviços e o entretenimento;
⦁  Notícias sobre o trânsito, clima e utilidades públicas são sempre bem vistas e possuem boa aceitação por parte dos ouvintes;
⦁  Se assuntos polêmicos estiverem em pauta, entreviste profissionais relacionados ao tema. Isto trará maior credibilidade às informações;
⦁  Saiba o que o ouvinte deseja ouvir. O feedback é essencial;
⦁  Abra espaço para a opinião do ouvinte. Críticas e sugestões são essenciais para o crescimento e amadurecimento de uma web-rádio;
⦁  Divulgue promoções e sorteios. Isto trará maior interatividade para a sua rádio online.

Agora que você já sabe como criar uma web rádio com foco jornalístico, é hora de botar a mão na massa!

Crie agora mesmo a sua rádio online, clicando aqui. Teste por 10 dias grátis, sem compromisso!